quinta-feira, 28 de julho de 2011

Minhas maneiras de te amar

Para você, A.B. com enes que eu não sei contar...

Tenho muito mais dúvidas do que certezas
Hoje, com certeza, eu só tenho você...


Te amo. Te amo nos gestos mudo. Te amo nos sons da sua risada, na ironia da sua gargalhada. Te amo no seu silêncio. Te amo nos furtos noturnos que te faço em busca de um incomodante sussurro que vem, venha, virá dos teus doces lábios. Te amo nas tuas imperfeições virtuosas, da tua cor da pele, até a enigmática luz que reverbera dos teus fios e dos teus olhos.


Te amo quando fecho os olhos e imagino a ti em perfeição. Meus olhos voaram como pássaros em busca de descanso, meus olhos descansaram, quando foram iluminados pelos seus. Havia luz na escuridão. Meus olhos alcançaram paz, quando alçaram voo em busca de liberdade. Em algum lugar, alguém já deveria ter borrado no rascunho amarelado das páginas eternas, etéreas, que as nossas mãos perdidas se achariam. Se acharão.


Te amo nos teus desejos mais tranquilos. Te amo com a força insana que um animal selvagem e pensante consegue e pode amar a outro. Te amo sem saber dizer um porquê, te amo, porque te amo, mesmo sem saber te amar.


Te amo como um barco ama navegar e os navegantes amam ir e voltar para encontrar um cais. Te amo como um fugitivo ama encontrar um refúgio. Te amo porque você me roubou a minha solidão. Te amo valorizando a tentativa de acertar e fazer valer cada segundo teu. Te amo como se hoje fosse o fim do mundo, e fosse a última vez de eu te dizer que te amo.


Para os que amam, amantes ou não, amados ou nãos, e vivem, porque vivem pelo amor.
A parte da semana para todos.

“As Sem-Razões do Amor”, Drummond

“De Fé”, Engenheiros do Hawaii

4 comentários:

  1. Own *o*
    Muitooo bonito ^^
    http://oque-sentimos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. "A.B."
    Acredito que esse foi o texto mais lindo e emocionante que já li em toda a minha vida, Guto. Ah, meu afilhado/irmão/cunhado, não faz ideia de quantos votos de felicidade eu faço a vocês dois! Espero ver os filhos correndo pela casa, e o casal feliz no fim de mais um longo dia. DAQUI HÁ ALGUNS ANOS, É CLARO! Amo Vocês! Beijo Grande!
    De sua amiga, De Fé, Ylaínne Silva.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo.. adorei! ainda mais pq estou mais que amando... adorei tudo!
    da uma passadinha lah tbm escrevi um texto sobre amor...
    Dedicado aos apaixonados de plantão assim como eu. =D
    http://blogdapuucky.blogspot.com/2011/07/e-amor-entao-que-seja-eterno.html

    ResponderExcluir
  4. Lindo seu post. Gostei muito.
    Acho muito bonito quando um homem não tem vergonha de dizer "eu te amo" e sabe valorizar as coisas verdadeiramente importantes da vida.

    Um grande abraço
    Acácio Neto
    www.acacioneto.com.br

    ResponderExcluir